Percurso praticamente plano garantirá menor tempo. Disputa será de 9 a 11 de agosto.

Volta Ciclística Internacional de Guarulhos (Luis Cláudio Antunes/Bike76.com)

São Paulo (SP), 18/07/19 – Principal prova de estrada no país, a Volta Ciclística Internacional de Guarulhos 2019, entre os dias 9 a 11 de agosto, tem tudo para ser uma das mais velozes da história. Isso porque neste ano, em  sua quarta edição, a competição terá trechos praticamente planos e as equipes chegarão preparadas para uma briga acirrada pelo primeiro lugar. O percurso  total será de cerca de 280 km divididos em três etapas, sendo um Prólogo e dois trechos de estrada.

Depois do Prólogo Individual de 2,1 km na sexta (9), a partir das 19h30, com largada e chegada no Bosque Maia, em Guarulhos, nas qual os times poderão optar por bicicletas de estrada o crono, o desafio prevê dois trechos de estrada. Na segunda etapa, dia 10, começando às 11h, o trecho até Pindamonhangaba terá 164 km, predominante plano e com relevos moderados. Percorrerá as  rodovias Presidente Dutra, Airton Senna, Carvalho Pinto e Floriano Rodrigues Pinheiro, com chegada no centro de  Pinda.

Já na terceira etapa, no domingo (11), a partir das 8h, será disputada dentro da cidade de Guarulhos, saindo o Bosque Maia, indo até o Anel Viário, retornando ao Bosque. Serão 98,8 km também predominantemente planos, passando pela Rodovia Presidente Dutra depois Ponte Cidade de Guarulhos, Anel Viário e Bosque Maia, quando serão conhecidos os campeões de 2019.

“Serão três dias de muita emoção e rapidez. Certamente as etapas terão grande equilíbrio e serão definidas nos detalhes.  A Volta Ciclística Internacional de Guarulhos 2019 repetirá, sem dúvida, o sucesso das edições anteriores”, destaca o organizador José Claudio dos Santos, presidente da Associação Desportiva Facex.

Em 2018, Gabriel Silva, ciclista de 21 anos, venceu a Volta Ciclística Internacional de Guarulhos. O jovem atleta da equipe Funvic São José dos Campos totalizou após seis etapas e mais de 700 km pedalados, 17h04min29seg, 16 segundos mais rápido que o vice-campeão, Alan Maniezzo, da São Francisco Saúde/Klabin/SME Ribeirão Preto, 17h04min45seg. Maurício Bielinski Knapp, também da São Francisco Saúde/Klabin/SME Ribeirão Preto, terminou em terceiro, com 17h05min48seg.

Volta Ciclística Internacional de Guarulhos (Luis Cláudio Antunes/Bike76.com)

Programação

9/8 – Sexta-Feira

Teatro Padre Bento, Rua Francisco Foot n 03 Jardim Tranqüilidade, Guarulhos

15h  – Coletiva de Imprensa e apresentação das equipes

16h  – Congresso Técnico (presença obrigatória)

 

 

1ª etapa – 9/08

19h30 – Bosque Maia/Guarulhos

Prólogo Individual, 2,1 km plano

Obs.:  uso de bike de crono ou estrada a critério das equipes

 

2ª Etapa – 10/08

11h –  Bosque Maia/Pindamonhangaba

164 km – predominante plano com alguns relevos moderados

Percurso: Rodovia Presidente Dutra, Airton Senna, Carvalho Pinto e Floriano Rodrigues Pinheiro

Chegada no centro de Pindamonhangaba,

 

3ª Etapa – 11/08

8h – Bosque Maia/Trevo do Bonsucesso

98,8 km – predominante plano

Percurso: Rodovia Presidente Dutra,Ponte cidade de Guarulhos e Anel Viário

Chegada no Bosque Maia

 

Resultados 2018

Geral Individual final após seis etapas

1) Gabriel Machado da Silva* (Funvic São José dos Campos), 17h04min29seg

2) Alan Maniezzo (São Francisco Saúde/Klabin/SME Ribeirão Preto), 17h04min45seg

3) Maurício Bielinski Knapp (São Francisco Saúde/Klabin/SME Ribeirão Preto 17h05’48

4) Alessandro Ferreira Santos Guimarães (Rio de Janeiro Cycling Team), 17h05min59seg

5) Cristian Egídio da Rosa (São Francisco Saúde/Klabin/SME Ribeirão Preto), 17h06min20seg

 

Equipes após seis etapas

1) São Francisco Saúde/Klabin/SME Ribeirão Preto,  51h17min11seg

2) Funvic São José dos Campos, 51h18min51seg

3) Rio de Janeiro Cycling Team, 51h23min29seg

4) Equipe de Ciclismo Taubaté, 51h51min58seg

5) Tropix/Uff/Guaratinguetá, 52h00min12seg

6) Seleção do Vale, 52h00min14seg

7) Secretaria de Esportes de Indaiatuba, 52h08min33seg

8) Memorial/Santos/Fupes, 52h12min57seg

 

Prova por pontos após seis etapas

1) Alessandro Ferreira Santos Guimarães (Rio de Janeiro Cycling Team), 33 pontos

2) Francisco Ramon Chamorro Paiva (Funvic São José dos Campos), 32

3) Cristian Egídio da Rosa (São Francisco Saúde/Klabin/SME Ribeirão Preto), 20

 

Prêmio de Montanha após seis etapas

 

1) Felipe Cristiano Marques (Rio de janeiro Cycling Team), 35 pontos

2) Luiz Guilherme Basso (Funvic São José dos Campos), 32

3) Flávio Cardoso Santos (Funvic São José dos Campos), 22

 

Mais Informações: www.voltaciclisticadeguarulhos.com