A Volta a Espanha 2020 começa na terça-feira (20 de outubro) reduzida a 18 etapas, ao invés das 21 usuais. A mudança de data da competição, em sua 75ª edição, por causa da pandemia coronavírus, vai coincidir com as etapas finais do Giro d’Itália, que termina dia 25. A Vuelta segue até o dia 8 de novembro, com um percurso modificado do previsto anteriormente, e não vai mais cruzar a fronteira com Portugal.

Com a mudança no trajeto, a Vuelta 2020 ficará mais difícil na terceira semana, já que duas etapas com provável chegada em sprint em Portugal foram substituídas por etapas nas montanhas do Oeste espanhol. Permanecem no percurso o Col du Tourmalet antes do primeiro dia de descanso e o Angliru antes do segundo dia de descanso.

Com percurso total de 2.892,2 km, a competição larga de Irún, local de partida do Caminho de Santiago do Norte, e termina em Madrid, com 47 escaladas categorizadas. O “Cima Alberto Fernandez” deste ano – uma escalada especial de categoria 1 que decidirá qualquer desempate necessário para a classificação de montanhas – será no Tourmalet. A segunda semana promete ser a mais difícil, com uma chegada ao cume do Alto de la Farrapona na 11ª etapa e, no dia seguinte, a escalada ao Angliru.

A organização informou que o acesso do público será restrito e em alguns locais vetado durante as etapas, principalmente nas montanhas.

A terceira semana da Vuelta começará com o único contrarrelógio individual da corrida – um teste de 33,7 km na 13ª etapa, com chegada na barragem de Ézaro, que atinge inclinação de até 28%. Na penúltima etapa, a chegada será no Alto de la Covatilla.

AS ETAPAS

Etapa 1 – 20 de outubro – Irun Arrate – Eibar – 173 km
Etapa 2 – 21 de outubro – Pamplona – Lekunberri – 151,6 km
Etapa 3 – 22 de outubro – Lodosa – Laguna Negra – 166,1 km
Etapa 4 – 23 de outubro – MGarray. Numancia – Ejea de los Caballeros – 191,7 km
Etapa 5 – 24 de outubro – Huesca – Sabiñánigo 184,4 km
Etapa 6 – 25 de outubro – Biescas – Col du Tourmalet 136,6 km
26 de outubro – Dia de descanso
Etapa 7 – 27 de outubro – Vitoria-Gasteiz – Villanueva de Valdegovia 159,7 km
Etapa 8 – 28 de outubro – Logroño – Alto de Moncalvillo 164 km
Etapa 9 – 29 de outubro – B.M. Cid Campeador. Castrillo del Val – Aguilar de Campoo 157,7 km
Etapa 10 – 30 de outubro – Castro Urdiales – Suances 185 km
Etapa 11 – 31 de outubro – Villaviciosa. Alto de La Farrapona – Lagos de Somiedo 170 km
Etapa 12 – 1 de novembro – La Pola Llaviana – Alto de L’Angliru 109,4 km
2 de novembro – Dia de descanso
Etapa 13 – 3 de novembro – Muros. Mirador de Ézaro – Dumbría 33,7 (contrarrelógio)
Etapa 14 – 4 de novembro – Lugo – Ourense 204,7 km
Etapa 15 – 5 de novembro – Mos – Puebla de Sanbria 230,8 km
Etapa 16 – 6 de novembro – Salamanca – Ciudad Rodrigo – 162 km
Etapa 17 – 7 de novembro – Sequeros – Alto de La Covatilla – 178,2 km
Etapa 18 – 8 de novembro – Hipódromo de la Zarzuela – Madrid 124,2 km

Fonte: Bike Magazine