Essa foi uma decisão muito difícil de ser tomada afirmam os organizadores

A corrida que se tornou a estreia da UCI na América do Norte, o Tour da Califórnia, foi suspensa em 2020 conforme anunciaram os organizadores nessa terça. A competição por etapas teve sua estréia em 2006 e, ao longo dos anos, tornou-se o principal destino de muitos atletas que não queriam correr o Giro d’Italia antes do Tour de France. Em seu hall de vencedores, figuram nomes como Levi Leipheimer, Chris Horner, Bradley Wiggins, Peter Sagan, Julian Alaphilippe e Egan Bernal.

“Foi uma decisão muito difícil de tomar, mas os princípios da Amgen Tour da Califórnia mudaram desde o lançamento da corrida, há 14 anos”, comentou Kristin Klein, presidente da Amgen Tour da Califórnia e vice-presidente executiva da AEG Sports.

Cavendish na edição de 2016. Foto: Divulgação

“Enquanto o ciclismo profissional continua crescendo globalmente e nos deixando muito orgulhosos do trabalho que fizemos para aumentar a relevância do ciclismo profissional, principalmente nos Estados Unidos, mas acabou se tornando cada vez mais desafiador montar a corrida. Essa nova realidade nos forçou a reavaliar nossas opções, e estamos avaliando ativamente todos os aspectos do nosso evento para determinar se existe um modelo de negócios que nos permita relançar com sucesso a corrida em 2021. ”

Apesar do envolvimento dos organizadores do Tour de France, a Amaury Sport Organization (ASO) a partir de 2009, o Tour da Califórnia aparentemente lutou com as dificuldades econômicas do ciclismo, a prova sempre ocorreu Fevereiro, mas depois de quatro anos a corrida mudou-se para Maio. Embora o evento tenha entrado em conflito com o Giro d’Italia, ele ainda conseguiu atrair a atenção de grandes nomes e equipes do ciclismo profissional, assumindo um papel de bastante importância no calendário da UCI.

Alexander Kristoff bate Sagan no sprint em 2016. Foto: Katusha

Bob Stapleton, presidente da USA Cycling, e que costumava dirigir uma equipe que competia na corrida, elogiou os organizadores do Tour da Califórnia por seus esforços e ofereceu seu apoio.

“Em nome da USA Cycling, gostaria de agradecer à AEG, Kristin e sua equipe por oferecerem uma excelente vitrine para o esporte na América e para nossos atletas americanos. Estamos prontos para ajudar a reunir apoio e recursos adicionais na esperança de retomar este evento em 2021″.

Fonte: https://www.pedal.com.br/