Ironman 70.3 Rio de Janeiro terá atletas de 26 países

Ironman 70.3 Rio de Janeiro terá atletas de 26 países

Prova reunirá 1.300 triatletas no Recreio dos Bandeirantes, em 22 de setembro. Competição vale vaga para o Mundial 2020

Triatleta no trecho de ciclismo na Reserva durante o Ironman 70.3 Rio de Janeiro. (Fábio Falconi/Unlimited Sports)

A quinta edição do Ironman 70.3 Rio de Janeiro, no dia 22 de setembro, no Pontal, no Recreio dos Bandeirantes, terá competidores de 26 países, divididos pelas categorias Elite e Faixa Etária, para os 1.900m de natação, 90km de ciclismo e 21km de corrida. São cerca de 1.300 triatletas das Américas, Europa, Ásia e África, com destaque para a estreia de Botsuana, que terá uma atleta. A etapa é marcada pelo percurso técnico, todo na orla do Recreio dos Bandeirantes. O Ironman 70.3 Rio de Janeiro é a quarta etapa do calendário na temporada, depois de Florianópolis, Fortaleza e Maceió, A temporada terminará no dia 10 de novembro, com o Ironman 70.3 São Paulo.

Entre os cerca de 1.300 triatletas, os países com maior número de competidores são Brasil (935), Argentina (91), Chile (35) e Peru (11). Os outros países participantes são Áustria, Bélgica, Bolívia, Botsuana. Suíça, China, Colômbia, Alemanha, Espanha, França, Grã-Bretanha, Costa Rica, Guiana Francesa, Israel, Japão, México, Holanda, Paraguai, Uruguai, Estados Unidos, Venezuela e África do Sul.

O Ironman 70.3 Rio de Janeiro classificará 40 triatletas nas categorias Faixa Etária, masculino e feminino, para o Ironman 70.3 World Championship 2020, que acontecerá em Taupo, na Nova Zelândia, entre os dias 28 e 29 de novembro. Na Elite, serão duas vagas para o Mundial. A distribuição de vagas é proporcional ao número de atletas que largam nas categorias de Grupos Etários.

– Mais uma vez, o Rio de Janeiro mostrou sua força atraindo atletas de diversos países e confirmando sua condição de uma das mais agradáveis provas. Afinal, consegue aliar uma beleza incrível com um percurso interessante e técnico – destaca Carlos Galvão, CEO da Unlimited Sports, promotora e organizadora da prova.

Será a quinta vez consecutiva que a prova acontece no Recreio dos Bandeirantes, incluindo parte do percurso utilizado nos Jogos Olímpicos Rio 2016. O destaque é a hegemonia brasileira na Elite, masculino e feminino. Reinaldo Colucci venceu duas vezes no masculino (2016/2018), enquanto Santiago Ascenço (2015) e Paulo Roberto Maciel (2017) completam a lista. No feminino, Pamella Oliveira tem dois títulos também (2017 e 2018), ficando Luísa Baptista (2016) e Mariana Borges (2015) com uma vitória cada.

O evento no Rio de Janeiro abrirá no dia 19, com a Expor Ironman e o começo da entrega de kits. No domingo, a área de transição será aberta às 5h. A primeira largada, da Elite masculino, será às 6h30, ficando a Elite feminino para as 6h35. Já a Faixa Etária, em ondas, começará às 6h45.

Fonte: Lance!

Sobre o autor