Quase 100 dos melhores atletas do World Tour ainda não tem contrato para 2021. O número é enorme, e não faz distinção entre veteranos e novatos. No bolo estão o campeão do Giro d’Italia, Tao Geoghegan Hart (24), e Filippo Ganna (25), campeão mundial no contrarrelógio. Ambos os atletas são jovens e estão atualmente na Ineos Grenadiers. Dentre os veteranos, destaque para Mark Cavendish (35), vencedor de 30 etapas no Tour de France e 15 no Giro. Também nesse bolo, o campeão da Vuelta em 2015, Fabio Aru (30).

Já no Brasil, o drama do ciclismo de estrada ganha outros contornos. A incerteza da vez é sobre a realização do tradicional “Rachão do Milão”, prova amadora tradicional na cidade de São Paulo que finalmente conseguiu oficialização, mas ainda não conta com apoio da Federação Paulista de Ciclismo.

Fonte: Revista bicicleta