Prepare-se para furos

A sujeira molhada tende a grudar mais no pneu. Além disso, a água age como um lubrificante para objetos penetrantes. Por isso, em dias de chuva, prefira pneus mais resistentes ou outras proteções como a fita anti-furo, e leve mais remendos e câmaras reserva.

Use lubrificante apropriado para chuva

Alguns lubrificante de corrente são extremamente ineficientes na água. Por isso, procure produtos indicados para climas chuvosos.

Utilize um bom sistema de iluminação

Mesmo que você ande somente durante o dia, apostar em um bom sistema de luzes certamente faz bastante diferença na segurança do seu pedal.

Na chuva, onde a visibilidade automaticamente fica prejudicada, as luzes tornam-se ainda mais importantes. Existem alguns modelos indicados para uso diurno que, apesar de serem mais caros, oferecem ótima visibilidade mesmo no claro.

Paralamas para speed

Se o uso da bike for mais esportivo, muitas vezes para-lamas grandes e pesados não são a melhor opção. Para quem pedala por esporte, um para-lama estilo “ass-saver” resolve o problema sem pesar demais, ou deixar sua bike de estrada feia.

Capas de chuva ou corta-vento ?

Muitas vezes, se o frio não for intenso, uma jaqueta ou colete corta-vento resolvem o problema da temperatura em pedais na chuva. Isso porque, apesar de não serem a prova d’água, elas evitam que o vento gele o corpo.

Use óculos adequados

A tentação de não usar óculos na chuva é grande, mas por questões de segurança, isso não é recomendado. Bons óculos de ciclismo, além de te proteger, não vão embaçar e o uso de lentes aumentará sua visibilidade da estrada.

Evite pelotões grandes

Na chuva, as chances de queda no se multiplicam, e no pelotão o risco torna-se ainda maior. Isso acontece por motivos como menor aderência, menor visibilidade, frenagens mais longas e objetos pouco visíveis no chão.

Mantenha distância

Conhecido também como “andar de roda”, pedalar próximo a outro ciclista traz vantagens aerodinâmicas.

Mas além de aumentar os riscos de acidentes, quem vai de roda na chuva ganha de presente um belo jato de água suja na cara – cortesia do pneu traseiro de quem vai a frente.

Abra a capa na subida, feche na descida

Se estiver usando uma capa de chuva, abra o zíper na subida e evite forçar demais para não ficar com o corpo suado e molhado. Antes de descer, feche o zíper para manter o peito aquecido.

Cuidado com a sapatilha no posto de gasolina

Aquela pausa para tomar um café quentinho fica ainda melhor em um dia de chuva. Porém, muito, muito, muito, muito cuidado para não escorregar com o taquinho da sapatilha em pisos de pedra ou cimento de posto de gasolina, principalmente se o taquinho for Look – sério, já vimos pedais acabarem assim.

Matéria extraída do site pedal.com.br