O nadador brasileiro Nicholas Santos conquistou, neste terça-feira, a medalha de ouro na prova dos 50m borboleta da etapa de Budapeste, na Hungria, da Liga Internacional de Natação. Com 40 anos de idade, ele se tornou, assim, o mais velho campeão do evento, que teve sua primeira edição em 2019. A marca de Nicholas foi de 22s30. Ele, aliás, é o recordista mundial da prova com 21s75, feitos em 2017.

Nicholas está na seleção brasileira há quase 20 anos e, no período, conquistou três medalhas em Campeonatos Mundiais de piscina longa (50m): prata em 2015 e 2017, além do bronze em 2019. Ainda foi ao pódio dez vezes em Mundiais de piscina curta e tem três medalhas em Jogos Pan-Americanos. A prova dos 50m borboleta, porém, não faz parte do programa olímpico, ou seja, para disputar as Olimpíadas de Tóquio ele precisa fazer índice ou nos 100m borboleta ou nos 50m livre.

A ISL é o maior evento de natação de 2020, disputada em piscina curta (25 metros), e conta com quase 400 atletas em Budapeste, na Hungria. São diversas etapas até o fim de novembro, quando serão realizadas as finais do evento.